Médicos de Cuba deixam MS na semana que vem

Médicos cubanos, que participam do programa Mais Médicos, deixarão Mato Grosso do Sul no dia 27 de novembro. A informação é da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Com isso, pelo menos, 115 postos de trabalho ficarão em aberto no Estado. Este é o número de vagas disponibilizadas no primeiro edital, divulgado pelo Ministério da Saúde, para repor os profissionais de Cuba, após o país cancelar acordo de cooperação com o Brasil.

O edital foi publicado na terça-feira (20). Nele, são ofertadas 8.517 vagas, disponibilizadas para 2.824 municípios e 34 Distritos Sanitários Indígenas.

Em Mato Grosso do Sul, são 104 vagas para municípios e 11 para o Distrito Sanitário Indígena.
Neste primeiro edital, podem se inscrever médicos brasileiros e estrangeiros, que tenham registro no Conselho de Medicina do Brasil. As inscrições foram abertas às 8h de ontem e vão até as 23h59min de 25 de novembro. Há um sistema em que o médico deve acessar e fazer um cadastro. No ato de inscrição, o profissional escolhe o município disponível para a atuação.

* Leia a reportagem, de Luana Rodrigues, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)