NOVA ANDRADINA: Um absurdo a gente passar na rua e ver o legista fazendo necropsia, dizem moradores

FOTO: JORNAL DA NOVA

 

Legista realizando exame de necropsia na manhã deste domingo

O Jornal da Nova foi acionado na manhã do ultimo domingo (4), para averiguar uma denúncia de um morador das proximidades do IML (Instituto Médico Legal) de Nova Andradina, onde a falta de estrutura expõe o médico legista a fazer necropsia e quem passa pela rua Santo Antônio vê o procedimento.

 

Conforme relato dos moradores que a reportagem procurou, há pouco mais de um ano o portão dos fundos da instituição está danificado e o mato alto mostra o abandono por falta de manutenção.

 

“Isso é vergonhoso, uma cidade como Nova Andradina que recebe corpos e exames de corpo de delito de várias cidades vizinhas, as pessoas que vêm aqui e veem uma situação dessa, é lamentável”, disse uma moradora que prefere o anonimato.

 

Após o exame que estava sendo realizado em um corpo em estado de putrefação, com odor muito forte, que foi encontrado na tarde de ontem (3) no rio Paraná, a reportagem tentou falar com o médico legista Dr. Omar Miguel, mas ele se limitou a falar, mas disse que providências já foram solicitadas.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)