PMA de Batayporã atua produtor rural em mais de R$ 12 mil por armazenamento irregular de agrotóxicos

Imagens: Divulgação / PMA

Cb image default

Na tarde desta quinta-feira (13), a Polícia Militar Ambiental (PMA) de Batayporã realizava fiscalização em propriedades rurais do município, quando autuaram um proprietário rural de 43 anos, morador de Cambé (PR), por armazenamento irregular de agrotóxicos.

A PMA flagrou em um galpão e um barracão na propriedade, 257 unidades de agrotóxicos de diversas marcas, dentre embalagens cheias e vazias, armazenadas de maneira inadequada sem as menores condições de segurança. Segundo os policiais, não havia proteção do solo no barracão, rótulos de riscos ou qualquer aviso de perigo, contrariando as normas técnicas e a legislação ambiental.

O produtor rural foi notificado a tomar as medidas relativas ao armazenamento adequado do agrotóxico, e autuado administrativamente, recebendo multa de R$ 12.850,00 (doze mil oitocentos e cinquenta reais) por armazenamento do produto perigoso contrariando as normas técnicas e a legislação ambiental.

Ele também responderá por crime ambiental, sendo que, a pena varia de 01 a 04 anos de detenção, caso seja condenado.

Banner Lateral (1)
ouça online
Banner Lateral (2)